A A

Brandstorm 2018: dois times brasileiros vão disputar a final internacional do jogo de inovação da L’Oréal em Paris

20 de abril de 2018

Os times T2S2 e The Colorists, ambos do Rio, vão concorrer com mais de 50 times de 40 países pelos prêmios de Brand (marca), Tech (tecnologia) e CSR (inovação sustentável)


Como seria a experiência do salão de beleza do futuro? Para os times The Colorists e T2S2, vencedores da final nacional do Brandstorm 2018, a competição de inovação da L’Oréal que engaja estudantes universitários do mundo inteiro, a resposta está em usar tecnologias para otimizar o uso do tempo, personalizar os serviços oferecidos pelos profissionais e investir em sustentabilidade e autonomia. Ambos da universidade Ibmec, no Rio de Janeiro, os grupos foram selecionados na última sexta-feira (13) na Sede da L’Oréal Brasil. Com 2400 estudantes inscritos, o Brasil foi o 4º país com maior número de inscrições. Com isso, levará dois times para a última etapa da competição. A final global do Brandstorm acontecerá em Paris, na França, em 17 de maio e os dois finalistas brasileiros vão concorrer com mais de 50 times de 40 países nas categorias Brand (marca), Tech (tecnologia) e CSR (inovação sustentável).


Os ganhadores de cada categoria levam um prêmio no valor de 10 mil euros. Para Fábio Rosé, Diretor de RH da companhia, o jogo de inovação é uma oportunidade tanto para os vencedores e outros participantes quanto para os profissionais da L’Oréal Brasil: “A gente permite aos estudantes terem uma experiência válida, rica e difícil, que é entrar no mercado de trabalho, empreender e criar com inovação. É um programa muito atual e que serve, entre vários aspectos, para entender o que tem de conhecimento, inspiração e expectativa desses estudantes que podemos aplicar no nosso negócio”. Sara Mariotti, Diretora de Gestão de Talentos da L’Oréal Brasil, acrescenta. “Hoje, 18 jovens de diferentes lugares do nosso país puderam compartilhar suas ideias e vivenciar uma experiência de aprendizado que também proporciona crescimento para nós da L’Oréal”, disse.


Desafio do Brandstorm 2018 é voltado para a Divisão de Produtos Profissionais


Brandstorm4


Os times que aceitaram o desafio do Brandstorm 2018 combinaram novas tecnologias e soluções digitais para inventar a experiência de salão do futuro. Pela primeira vez, a ideia era pensar em soluções que abordassem não apenas uma marca ou produto, mas uma divisão inteira: a Divisão de Produtos Profissionais (DPP), representada pelas marcas L’Oréal Professionnel, Kérastase e Redken no Brasil. “Foi bom ver como jovens se conectam com uma indústria tradicional como a do salão de beleza e conseguem propor soluções inovadoras e criativas”, analisa Tiago Carvalho, Diretor Geral da divisão. Além de The Colorists e T2S2, os outros quatro finalistas – The Z, Hairgineering, Aurum e GRL Power – apostaram em projetos tecnológicos, com foco em sustentabilidade e personalização do atendimento.


Brandstorm 2018 inova no modelo de competição e na forma de votação


Desta vez, o Brandstorm 2018 inovou não apenas no formato do briefing, mas também na forma de seleção dos vencedores. Além de avaliar as apresentações de 5 minutos em modelo de pitch, os jurados levaram em consideração também a opinião do público presente, que pode votar em seu time favorito por um aplicativo. “É bonito ver como uma companhia global como a L’Oréal incentiva o desenvolvimento de jovens e, depois, pode até criar um banco de talentos pré-avaliado para que possam contratar no futuro”, contou Sofia Esteves, CEO da Companhia de Talentos e uma das juradas da competição.


brandstorm2


Os finalistas chegaram ao Rio de Janeiro alguns dias antes da final e participaram de um plano de desenvolvimento para ajudar em seus projetos. Além disso, tiveram a oportunidade de passar por coaching, ter contato com profissionais da área e receber treinamentos para desenvolver habilidades importantes para suas carreiras. “Os treinamentos para falar em público, apresentação e conhecer mais sobre a L’Oréal foi muito interessante para todas nós”, conta Isabella Borsato, integrante do time The Z, que veio do Paraná para participar da final no Rio.


Conheça mais os projetos


brandstorm3


O Time The Colorists trouxe para o Brandstorm o conceito de “Beautiful 24/7 Experience” (Experiência de Beleza 24h/7dias, em tradução-livre), que utiliza um elástico para monitorar a qualidade do cabelo em conjunto com um app para otimizar serviços de salão. Para Tatiana Abry, integrante do time The Colorists, a sensação é de dever cumprido e, agora, os times devem focar na preparação para a disputa em Paris. “A gente vai competir com outros países, então agora é foco e preparação total”. Já o T2S2 buscou inspiração no modelo de coworking para criar o Hairnomy Space, um espaço que preza pela personalização e autonomia da experiência de salão. “É incrível e desafiador fazer parte do Brandstorm. Acredito que será uma experiência única na minha carreira”, conta Isabela Fontoura, que é parte do T2S2.

Publicações relacionadas