A A

Luxo sustentável: extensão de Aura Botanica com quatro novos produtos chega com ingredientes 98% naturais

18 de junho de 2018

A embalagem do shampoo Bain Micellaire Riche é composto por plástico PET 100% reciclável


Com o compromisso de envolver a diversidade da natureza em suas inovações, Kérastase lança neste mês uma extensão da linha Aura Botanica, com quatro novidades que complementam os produtos já existentes. Com composição de 98% de ingredientes naturais e biodegradáveis, a fórmula é livre de parabenos, silicones e sulfatos, além de ter embalagens concebidas para otimizar o peso e os materiais: a tampa, sozinha, economiza 45 toneladas de plástico por ano, enquanto o frasco do Bain Micellaire Riche (shampoo) é composto por plástico PET 100% reciclável. Para reforçar mais ainda o seu potencial de experiência de luxo responsável, a marca segue a postura de obter as matérias-primas de forma sustentável e com a consciência de valorização dos agricultores em diferentes partes do mundo. A linha possui ativos naturais como Manteiga de Murumuru da Amazônia, Óleo de Argan Marroquino, Óleo de Castanha-do-Pará da Amazônia Peruana, Óleo de farelo de Arroz Tailandês, Extrato de Aloe Vera Mexicano e o Óleo de Coco Samoano.


Para Maya Colombani, Diretora de Sustentabilidade da Companhia, a linha é um passo importante na conscientização de toda a cadeia de valor: “Aura Botanica é muito estratégica para a L’Oréal Brasil porque a linha está totalmente alinhada com os nossos compromissos de sustentabilidade, por sua alta porcentagem de matérias-primas naturais e um fornecimento de ingredientes solidário. Para nós, é um convite para todos os nossos consumidores abraçarem o consumo consciente e responsável”.


A extensão possui quatro produtos que complementam o tratamento capilar já existente da coleção, lançada em 2017, principalmente na parte de finalização dos fios: Bain Micellaire Riche (shampoo), Eau de Vagues (Leave in com efeito praia), Lait de Soie (Leave in disciplinante) e Crème de Boucles (Leave in para definição de cachos).


Kérastase quer proporcionar experiência de luxo responsável

Mais de 50 fórmulas foram desenvolvidas por Kérastase para fazer as melhores opções que atingissem os requisitos de alto teor de origem natural, biodegradabilidade, sensorialidade sofisticada e prazer no uso. Por isso, o resultado de Aura Botanica representa uma oferta para consumidoras que buscam um produto com alta performance no cuidado com o cabelo e ao mesmo tempo seja sustentável.


“Kérastase sabe que as mulheres que querem mais naturalidade, também querem sensorialidade, sem abrir mão da eficiência ou de cabelos saudáveis. Para uma linha que é verdadeiramente movida pelo poder da natureza, Kérastase buscou usar somente ingredientes ativos que tiveram comprovação científica de fazerem efeito sobre a fibra”, ressaltou Tamires Domingos, Gerente de produto da marca. Na estratégia de comunicação, Kérastase investirá na divulgação de materiais educacionais nos pontos de venda (salão, e-commerce e kiosk), além de conteúdos no digital, que incluirá uma nova campanha com seus porta-vozes, a atriz Thaila Ayala e o artista Ale de Souza.


Consumo consciente: como promover essa mudança?


Para o lançamento dos produtos, Kérastase promoveu um evento com jornalistas e influenciadores no dia 5 de junho. O objetivo foi ressaltar a experiência sustentável de Aura Botanica. Uma das apresentações foi do Instituto Akatu, consultoria de consumo consciente que é parceira da L’Oréal Brasil. A palestra abordou os Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS), metas que a ONU propõe para reduzir a pobreza, promover a prosperidade global e o avanço social e proteger o meio ambiente. Além disso, o instituto mostrou a importância de adotar pequenas atitudes no dia a dia para uso de recursos da natureza.


Segundo Chayanne Silva, representante da Akatu no evento, é importante que as marcas de beleza apontem para sua própria responsabilidade na cadeia produtiva. “A origem dos ingredientes que compõem o produto e também à biodegradabilidade são fatores que contribuem positivamente para a decisão do consumidor consciente por uma marca”, explicou. Ela destacou ainda que ainda é possível impactar os consumidores que ainda não adotaram um estilo de vida mais sustentável. “Acompanhar uma marca que tome iniciativas mais sustentáveis em suas ações os levam a refletir sobre o tema. É o efeito mobilizador e sensibilizador que as empresas podem desencadear nas ações do dia a dia dos consumidores e isso reflete na sociedade de modo geral”.

Publicações relacionadas