A A

“Nós queremos fazer a diferença no Rio de Janeiro com programas de inclusão social e uma cadeia de valor altamente sustentável”, diz Maya Colombani, Diretora de Sustentabilidade da L’Oréal Brasil, em evento na Firjan

24 de abril de 2018

Em apresentação no Seminário Cooperação, Sustentabilidade e a nova Economia, Companhia mostrou os projetos sociais e resultados ambientais já alcançados


A L’Oréal Brasil participou do Seminário Cooperação, Sustentabilidade e a nova Economia, em 18 de abril, e mostrou as iniciativas de Mudanças Climáticas e Protagonismo Social, além de apresentar dados sobre como está transformando sua cadeia de valor para oferecer produtos e serviços com menos impacto ambiental. Organizado pelo Programa de Engenharia de Produção da UFRJ, a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e o SEBRAE-RJ, o evento discutiu como o trabalho de colaboração entre diferentes atores sociais podem solucionar questões de sustentabilidade resultantes do modelo linear de produção, consumo e descarte. Maya Colombani, Diretora de Sustentabilidade da Companhia, apresentou os resultados que o Grupo já alcançou no Brasil e no mundo a partir das propostas do Sharing Beauty With All, o compromisso sustentável da L’Oréal.


“A Sustentabilidade é o nosso dever e nos impulsiona a transformar nosso modo de fazer negócios. Essa vontade de se transformar é muito forte na L’Oréal e é resultado de investimentos e mudança na forma como criamos nossos produtos. O ponto forte é que também estamos reinventando o relacionamento com nossos consumidores e as pessoas que estão ao nosso redor. Nós queremos fazer a diferença no Rio de Janeiro por meio do diálogo com as comunidades e com projetos de inclusão e cadeias de valor altamente sustentável”, declarou Maya Colombani. No Brasil, iniciativas como a Casa das Belezas e o Redes da Beleza capacitam jovens e adultos como auxiliares de cabeleireiro em Nova Iguaçu e no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.


Protagonismo social e Mudanças Climáticas: o que a L’Oréal tem feito pelo Brasil?


A L’Oréal Brasil dividiu o painel de Empreendedorismo e Inovação com outros três palestrantes que compartilharam como as iniciativas sociais estão modificando o modelo econômico das empresas. Maya mostrou ao público como a Companhia busca o sucesso de vendas ao mesmo tempo que impacta positivamente a sociedade. Ela também compartilhou importantes metas para os próximos anos: em 2018, a L’Oréal Brasil pretende alcançar 100% de eletricidade verde em todas as unidades. E até 2020, a meta é ser Carbono Neutro em todas as operações no país. “Nós temos um compromisso com a sociedade e o meio ambiente. Isso nos impulsiona a reinventar o nosso negócio. Como líder do mercado mundial de beleza, temos o papel de ser exemplo e buscar sempre melhorar”, ressaltou.


A Companhia conseguiu reduzir em 71% a emissão de CO2 nas fábricas e centros de distribuição em 2017. Com os avanços no Sharing Beauty With All, hoje 68% dos produtos desenvolvidos nos laboratórios brasileiros têm um perfil social e ambiental melhorado. Além disso, 42% das embalagens são mais sustentáveis e cerca de 406 pessoas de comunidades também foram capacitadas e ingressaram no mercado de trabalho.


O Centro de Pesquisa e Inovação também tem se destacado em prêmios importantes que reconhecem as iniciativas sustentáveis da Companhia. Os painéis solares instalados na unidade são a segunda maior infraestrutura no Rio de Janeiro. Além disso, em 2017 a L’Oréal Brasil recebeu o prêmio internacional Green Solution Awards, durante a Conferência Mundial do Clima (COP 23), pelo projeto Jardim Filtrante – um sistema que trata águas pluviais e os resíduos industriais e sanitários de forma natural e reutiliza os líquidos para irrigação e reuso nos banheiros.


Evento mostrou como as empresas estão impactando a sociedade


Na programação do evento, professores, convidados e empresas mostraram como é possível promover a sustentabilidade por meio da cooperação e, com isso, impulsionar uma nova economia mais circular e que impacte positivamente toda a sociedade. Para Carolina Zoccoli, Especialista em Meio Ambiente da Firjan, os debates serviram para reflexão. “As apresentações ajudaram a refletir sobre o nosso papel no mundo. Precisamos realmente levar a sustentabilidade para o nosso dia a dia. A proposta do evento era trazer diferentes cases que nos mostrassem como as empresas estão trabalhando. A gente conclui que é preciso transformar completamente o modelo de negócio linear. Pequenas mudanças podem levar a grande resultados”, disse.

Publicações relacionadas