A A

Tour de Combate ao Câncer da Pele, de La Roche-Posay, atendeu mais de 2 mil pessoas em 2018

20 de dezembro de 2018

Iniciativa marca o início da campanha do Dezembro Laranja, mês de prevenção da doença

Com o objetivo de conscientizar a população sobre os efeitos da exposição solar, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e La Roche-Posay realizaram a 10ª edição do Tour de Combate ao Câncer da Pele. De outubro até dezembro, um caminhão percorreu 7 estados brasileiros para diagnosticar de forma gratuita possíveis casos da doença, além de distribuir amostras de protetor solar e materiais informativos. Mais de duas mil pessoas foram atendidas. Em 9 anos, o tour já percorreu 131.680 mil quilômetros, visitou 59 cidades e atendeu mais de 20 mil pessoas gratuitamentes. A campanha chama a atenção para o Dezembro Laranja, mês de prevenção do câncer de pele.

A ação começou na cidade de São Paulo (SP), no dia 26 de agosto e seguiu até 4 de dezembro, com encerramento na cidade de Niterói (RJ). O Tour de Combate ao Câncer de Pele é uma iniciativa alinhada com os valores do compromisso global de sustentabilidade do Grupo L’Oréal, o Sharing Beauty With All. “O Tour tem o objetivo de levar diagnóstico e educação do câncer da pele para a população em geral”, explica Danilo Vasconcellos, farmacêutico da Comunicação Científica da marca. “Nosso projeto está totalmente alinhado com o pilar social, pois fazemos um trabalho focado em pessoas e buscamos impactar o maior número de atendimentos possível a cada ano”.

Campanha Skinchecker incentiva identificação precoce da doença

O caminhão do tour levou para as cidades do Brasil a campanha Skinchecker – lançada no país em 2015 – para incentivar o exercício do autoexame, fundamental para a identificação precoce de sinais do câncer de pele. Em 2015, uma pesquisa feita por La Roche-Posay revelou que a maioria da população brasileira nunca passou pela avaliação de um médico para verificar pintas e manchas que surgem na pele. O objetivo é que cada pessoa tenha um papel importante na identificação da doença: além de desenvolver o hábito do autoexame, cada um estenda esse cuidado a pessoas próximas.

Acesso democrático a exames que identificam o câncer de pele

O caminhão conta com dois consultórios e uma equipe de atendimento formada por médicos voluntários, que são integrantes da SBD em suas respectivas regiões. Os profissionais procuram pela presença de lesões, pintas e manchas nas áreas expostas ao sol e também naquelas com maior dificuldade de visualização, como o couro cabeludo e as costas. Em 2018, as consultas tiveram o suporte do Fotofinder, um equipamento de alta tecnologia que facilita o diagnóstico do câncer de pele de forma mais rápida e precisa. Em caso de suspeita da doença, os pacientes são encaminhados para acompanhamento nos hospitais e clínicas credenciados em cada estado.

Publicações relacionadas